segunda-feira, 5 de setembro de 2011

A PAINA

Desprendeu-se da árvore, sem trauma, a paina. Depois foi deslizando lentamente pelo espaço de um tempo incronometrável. Era um desses milagres sem ruído que a natureza se esmera em fazer, com proposital desperdício.
A paina, ah, a paina... parecia uma bailarina branca, dançando no vento, se despedindo da vida – ou de sei lá o quê! Era estrela de meteórica performance, e sua importância estava em ser exatamente a protagonista de um espetáculo que ninguém vê ou, se vê, faz de conta que não viu.
Ele não viu assim, porque a viu e pôs neste ver o tudo. Decerto, quando a paina chegasse ao chão, também se acabaria o mundo. Nela estava o absoluto disfarçado – era tudo e nada, a pobrezinha.
Assim, sem pensar, ele descobriu a importância de cada centésimo, e a brevidade de cada coisa que existe, em comunhão com todas as outras coisas. Mas sorveu também a insignificância do tempo. Sim, meus irmãos, a insignificância do tempo, em face da beleza que rutila e rivaliza com tudo o que não fenece e é eterno, mesmo na temporalidade.
Grande é o que é belo e se acaba assim tão pequeno!... Quando a paina tocou o chão, havia um mar de outras elas, com suas anônimas biografias e estonteante beleza estendida de semente.

Antonio Fabiano
Belo Horizonte, 5 de setembro de 2011.
Blog: www.antoniofabiano.blogspot.com
E-mail: seridoano@gmail.com
-------------------------------------------------
Para Clegiane Santos Bezerra Dantas

4 comentários:

  1. Jaécia Bezerra de Brito5 de setembro de 2011 12:42

    A continuidade da fé torna-a imutavelmente eterna; permaneçamos eternos.

    ResponderExcluir
  2. Boa Noite Frei Fabiano, por meio de Francisquinha conheci o teu blog. Parabéns e Deus te abençõe, eu sou filha do poeta sindicalista Zé Milanez. Abcs.

    ResponderExcluir
  3. Fico muito feliz por encontrar você, Geralda Efigênia! Seu pai, sim, um grande homem! Abraço!

    ResponderExcluir
  4. Olha só, tornei-me seu "seguidor"...
    Você tem sensibilidade, e beleza dentro... Gosto disso!!!!

    ResponderExcluir