domingo, 4 de setembro de 2011

A AURORA



Tão escuro ainda!
E as horas se arrastando...
Não haverá perigo
de a Noite
emendar com a Noite?
Galos todos,
que despertais a Aurora,
cantai!
Mais alto ainda!
É terrível
quando a própria Madrugada
não desperta
e não nos desperta!

Dom Helder Câmara

In: CÂMARA, D. Helder. “Um olhar sobre a cidade”, 3ª ed., Paulus: São Paulo, 2009.


(Imagens de Dom Helder disponíveis na Web)

Um comentário:

  1. Caríssimo Antonio Fabiano.
    Enviei uma e-mail a respeito desse poema.

    Paulo Gracino

    ResponderExcluir