terça-feira, 5 de junho de 2018

HAICAI BRASILEIRO - Edson Kenji Iura


HAICAI BRASILEIRO
- Edson Kenji Iura - 
Haicais de Seishin
21 de Maio de 2018, seg


Seishin é o haigô (nome de haicaísta) adotado pelo monge carmelita descalço Antonio Fabiano, que conheceu o haicai ainda durante os tempos universitários, antes de se filiar ao Grêmio Haicai Ipê e seguir os ensinamentos da mestra Teruko Oda. Desde então, vem se destacando no gênero, como mostra o Prêmio Especial recebido na edição de 2015 do Concurso Yoshio Takemoto e, recentemente, o Prêmio Matsuo Bashô, promovido pela Editora Mondrongo, do qual resulta o presente livro, composto de 64 haicais.

Francisco Handa, responsável pelo prefácio, destaca a qualidade do trabalho de Seishin, representante de uma nova geração de haicaístas que segue o caminho desbravado por Goga Masuda e Teruko Oda, pioneiros do haicai tradicional escrito em língua portuguesa. Seishin também contribui regularmente com a coluna Haicai Brasileiro.

Aragem é o título do livro de Seishin, publicado em Itabuna (BA), 2018, pela Editora Mondrongo, com 84 páginas. 
O email para contato é seridoano@gmail.com .

segunda-feira, 14 de maio de 2018

ARAGEM - Por Silvério da Costa

Imagem disponível na Web

Jornal SulBrasil
CHAPECÓ, Quinta-feira, 26 de Abril de 2018
ANO 24 Edição 7.135

OPINIÃO
Fronte Cultural

ARAGEM!
Por Silvério da Costa

“ARAGEM” é o livro vencedor do “Prêmio Matsuo Bashô de Poesia Haicai-2017”. O seu autor é o poeta Antonio Fabiano, cujo nome haicaístico é SEISHIN. Recebi este livro e o li e reli como uma espécie de lenitivo para o espírito.
O haicai, para quem não sabe, é um poema muito popular, que prima pela síntese. Tem apenas dezessete sílabas poéticas, distribuídas pelos três versos (o primeiro e o terceiro com cinco sílabas cada um, e o segundo com sete sílabas) que o constitui. O seu mestre-mor é/foi Matsuo Bashô, mas o haicai é um gênero de poema exercitado por quase todos os grandes poetas do mundo e, claro, não poderia faltar Antonio Fabiano, que parece morar dentro desse espaço chamado Haicai.
E de lá nos fala da natureza vegetal, vinculada às quatro estações do ano, mas também da fauna, da vida como um todo e de outras nuances haicaianas. O poeta domina a técnica do haicai, soberanamente, e, por isso, venceu, com todos os méritos, o referido concurso! Eis aí a prova...

estalido brusco —
entre as folhas do jardim
uma rã em fuga

na sombra da noite
o vulto de um velho monge —
pinheiro solitário

um tanque de guerra
avança em tempo de paz —
o escaravelho

velha e estreita rua
para a zona do prostíbulo —
a dama-da-noite

quaresmeira em flor —
austeridade e leveza
da casa em ruínas

um fado suave —
nas ruelas de Coimbra
a cor deste outono

um pedinte cego
na escadaria do templo —
a noite estrelada

terça-feira, 20 de março de 2018

SEISHIN 清心

Seishin  清心 é o haimei, nome haicaístico, de ANTONIO FABIANO, carmelita descalço e poeta brasileiro.
Sua incursão no haicai se dá a partir do final da década de 1990, quando estudou poética clássica na faculdade de Letras da Universidade Federal do Rio Grande do Norte e teve contato com este gênero literário nascido no Japão.
Seishin é discípulo de Teruko Oda no haikai dô, sobrinha e discípula de H. Masuda Goga, discípulo de Nenpuku Sato, discípulo de Kyoshi Takahama, discípulo de Shiki, o último, em ordem temporal, dos quatro grandes mestres de haicai do Japão, ao lado de Issa, Buson e Bashô.
Em 2015 recebeu o honroso Prêmio Yoshio Takemoto, conferido pela Associação Cultural e Literária Nikkei Bungaku do Brasil, por uma coleção de haicais intitulada “O Cravo no Peito”.
Em 2017 ganha o Prêmio Matsuo Bashô de Poesia Haicai, da Editora Mondrongo, pelo livro Aragem.

quarta-feira, 14 de março de 2018

A PALAVRA "ARAGEM"

Capa de Ulisses Góes

A palavra ARAGEM – título original deste livro no Brasil – significa em português “vento brando”, “vento que cessa e recomeça em intervalos”, “vento descontínuo”. Significa também “momento favorável” ou “de boa sorte”. Aragem é um kigo de primavera, é o mesmo que brisa. No livro de kigos do Brasil – Natureza: Berço do Haicai de H. Masuda Goga e Teruko Oda – o vocábulo é definido como “ventinho gostoso”. Em português, a palavra aragem está igualmente relacionada ao verbo arar, que é sulcar a terra com um arado, instrumento agrícola, ou sulcar as águas, navegar.