domingo, 28 de agosto de 2011

O CASAMENTO DE BELINHA (fabulinhas)

Um dia a barata disse
Pra filha chamada Bela:
“Belinha, inda és donzela,
Tá na hora de casar!”

Belinha ficou contente,
Pôs-se logo a requebrar.
Mandou fazer um vestido
Para nele se casar.

Espalhou-se a notícia
Do casório a acontecer.
A noiva mandou convites
Pra Deus e o mundo ver.

Chegando a hora da festa,
Presentes os convidados,
Belinha olhou para os lados...
E o noivo? Onde está?

Antonio Fabiano
Direitos reservados

Um comentário:

  1. Jaécia Bezerra de Brito5 de setembro de 2011 12:33

    O noivo fugiu com medo de tamanho assanhamento, pois no requebrar de Belinha jazia um pressentimento, noites insones para o amor e dias infindos, infindos para o labor.kkkkkkkk

    ResponderExcluir